Avançar para o conteúdo principal

Pequenas descobertas de fim-de-semana

No fim-de-semana, partilhei na página do Facebook aqui do blog um local que eu carinhosamente apelidei de "paraíso para mãe e filho". Tratava-se, nada mais nada menos, do que uma recheada estante de livros infantis com uma grande variedade de escolha de títulos para mais pequenos e menos pequenos. Pequenos amigos sob a forma de folhas para serem partilhados em família. Como resultado da visita a esse pequeno paraíso, trouxe para casa estes três títulos que já estão a fazer as maravilhas do baby boy cá em casa.

https://www.imagineourlife.com/2014/10/08/diy-montessori-3-part-cards/

Conforme nos diz Maria Montessori, devemos partir do concreto para o mais abstracto nos primeiros anos, permitindo à criança que conheça primeiro a realidade em que se insere e que, depois, possa pensar no mundo do imaginário. Escolhi estes três títulos pois permitem descobrir sons reais, uns de todos os dias, outros nem tanto, para além de permitir também o contacto com a música. São os três livros da editora Yoyo Studios e podem ser encontrados na área de livros infantis do Continente e também na FNAC.

Para casa veio também o primeiro conjunto de animais para o baby boy. Escolhi dois animais domésticos e dois animais da quinta (comprei na Science 4 You) e estou a pensar mais daqui a um tempo, depois da sugestão dada pela querida Sylvia Sousa do Mindful Montessori, em construir cartões Montessori de diferentes animais. Basicamente, estes cartões permitem à criança associar a imagem 2D à imagem 3D, numa primeira fase, e depois no futuro, criar etiquetas de nomenclatura para que se associe o nome à imagem. Passo a passo, começo a construir um pequeno mundo Montessori que espero que seja o mais positivo para o meu bebé. Depois, mostrarei e partilharei convosco o que for preparando e desenvolvendo.

Aqui deixo alguns recursos sobre cartões Montessori:

Comentários

  1. Olá! Adorei os links partilhados, em especial o último. No curso costuramos um "porta nomenclaturas" onde há 3 compartimentos 1 para cada tipo de cartão. Muito obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Da pesquisa (breve) que fiz sobre os cartões de nomenclatura, estes foram mesmo os links que achei mais interessantes e era impossível não partilhar aqui, em complemento ao post. É sem dúvida muito bom podermos fazer projectos DIY e sermos nós próprias a preparar estes cartões mas também é bom ter estes pontos de partida, de quem tem mais experiência sobre Montessori (falo por mim :) ). A blogosfera é um mundo especial, onde se encontram excelentes partilhas e que valem a pena dar a conhecer. Continuação de um óptimo curso, Erika! Beijinhos

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Casar: recordar um dia tão especial!

Casamento. Aquele momento especial na vida de qualquer casal e que se deseja que seja único para toda a vida. O casamento pode ser mais ou menos tradicional mas é um momento que marca e que queremos que seja inesquecível para nós e para os nossos convidados. Desde o momento em que acontece o pedido, a cabeça (normalmente, da noiva) começa a fervilhar com mil e uma ideias para colocar em prática e a ansiedade e o stress vão aumentando exponencialmente com o aproximar da data. 
Mas perguntam vocês? Porque estou eu a falar de casamentos num blog que é muito mais baby blog que outra coisa? Para quem não sabe, o meu casamento aconteceu no dia em que o meu filho fez um ano. Com o segundo aniversário do baby boy e o primeiro aniversário de casamento quase aí, estou em modo lamechas a recordar tudo o que foi preparar este dia, que foi tudo menos convencional. Querem saber como tudo aconteceu?

Conforme já vos disse, o meu casamento não foi de todo tradicional. Não foi um casamento com cerimón…

Ambiente preparado e Ikea... O quarto dos mais pequenos

Propositadamente, quando escrevi o primeiro post sobre ambiente preparado e Ikea que podem ler aqui, não comecei por escrever sobre o quarto dos mais pequenos. Nos vários grupos de mães que vou acompanhando no Facebook (que não específicos sobre Montessori), a primeira questão que a maioria coloca é onde encontrar a famosa cama casinha para se construir um quarto montessoriano. E é aqui que, talvez, começa por se ter a abordagem menos adequada a Montessori e a aplicarmos esta pedagogia em nossas casas. Primeiro, convém desmistificar que uma cama em forma de casa, ainda que esteja à altura do chão e permita à criança entrar e sair livremente, não é fielmente Montessori. Trata-se de um modelo de cama de inspiração nórdica e que, por acaso, também tem o colchão perto do chão. Está na moda e muitas marcas vendem-se como sendo Montessori mas convém ter presente que este método se caracteriza, acima de tudo, por uma enorme simplicidade na forma como se prepara ao ambiente para a criança. N…

Ambiente preparado e Ikea...Porque não?

Na semana passada publiquei um breve post em que dava algumas sugestões para os quartos dos mais pequenos a partir de peças do Ikea e da Vertbaudet. Numa manhã a caminho do trabalho, fui presenteada com o novo catálogo dessa catedral de decoração que é o Ikea e lancei uma pergunta na página do Facebook que foi muito bem recebida. E que pergunta era essa? Gostariam de ver um post em que juntasse Montessori e o novo catálogo que recebi?  Dada a curiosidade com esta minha ideia, aqui estou eu a colocá-la em prática...
Mas primeiro vamos ver o que é o ambiente preparado pois afinal de contas é esse o título deste post, não é verdade? Para quem conhece a pedagogia Montessori,  o ambiente preparado surge como uma parte fundamental desta pedagogia: o ambiente deverá estar adequado à criança,  seja pela sua idade ou tamanho, e as seus interesses, ao mesmo tempo que promove a sua autonomia, permitindo que se desenvolva ao seu ritmo e sem pressões ou interferência dos adultos.
Apesar de não s…