Avançar para o conteúdo principal

Hoje sou eu que escolho a roupa!

Escolher a roupa. Aquela tarefa que todas as mães adoram fazer. Os pequenos detalhes. Conjugar cores e as camisolas mais divertidas para os nossos filhotes irem para a escola. No caso das meninas, conjugar os vestidos mais giros com os acessórios para o cabelo parece ser o melhor passatempo que nos surge depois de sermos mães. Mas vai chegar aquele dia em que os nossos bebés vão mostrar que estão a crescer e em que vão querer escolher a sua própria roupa... Numa conjugação nem sempre ortodoxa...

Mas porque não antecipar um pouco esse momento e proporcionarmos nos seus quartos formas de eles poderem aceder à sua roupa mais facilmente? Para quem me acompanha há algum tempo, sabe que gosto bastante da pedagogia Montessori e tudo o que se relaciona com desenvolvermos a autonomia dos nossos filhos desde cedo, permitindo-lhes fazer por eles próprios. Por aqui, já escrevi sobre o livro da Cristina Tébar (blog Montessori en Casa) e a forma como ele mudou a minha forma de encarar a parentalidade. Também já vos mostrei como tenho o WC preparado para o meu filhote poder participar na sua higiene diária, partilhei convosco dicas para os mais pequenos participarem na hora de cozinhar e como podem ter um quarto de inspiração Montessori com produtos da IKEA.

Nem sempre é fácil quebrarmos o cordão umbilical que nos faz querer fazer tudo por eles, mas quanto mais cedo os começarmos a envolver nas pequenas tarefas do dia-a-dia, mais facilitada será a nossa vida no futuro. E como é que podemos fazer isso? Bastam pequenas alterações no nosso dia-a-dia e conseguiremos que eles aprendam a fazer sozinhos (como leituras adicionais sobre Montessori recomendo-vos a página do Facebook de Charlotte Poussin, Apprends-moi a faire seul - com um livro com o mesmo nome, e o blog Mindful Montessori, uma leituras em português de que gosto muito). A alteração que aqui partilho convosco do quarto do meu filhote é a disponibilização das roupas à altura a que ele possa aceder.


No quarto do meu filhote, o roupeiro tem esta parte de colocação de roupa mais baixa, o que facilita o acesso às roupas sem ter de fazer grandes invenções ou alterações no quarto. Claro que não tenho toda a sua roupa disponível neste espaço, mas tento colocar sempre duas ou três peças do mesmo tipo para lhe permitir escolher algo e aceder às suas roupas sem ter de depender de mim. Assim, ele consegue sentir que está a ser envolvido na tarefa de escolher a roupa e de preparar o novo dia e esse sentimento vê-se na felicidade estampada no seu rosto por sentir que está a fazer algo como os adultos. 

Como sei que nem todas as pessoas têm um roupeiro deste tipo, partilho convosco algumas alternativas que tenho no álbum "Quartos Montessori" na minha conta de Pinterest. São opções fáceis de concretizar em casa, que não requerem grande investimento, mas que no futuro trarão os seus frutos com o maior ganho de autonomia dos vossos filhotes. Acreditem que eles conseguem voar... Basta que vocês os deixem abrir as asas e aventurarem-se!


Foto Pinterest


Foto Pinterest


Foto Pinterest


Foto Pinterest




Comentários

  1. Que sugestões ótimas, práticas e mesmo giras...

    Novo post: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2018/01/dream-trip-primeiro-dia-em-bruxelas.html

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Beatriz! Espero que estas ideias e estas dicas lhe sejam muito úteis :) Tenha um dia muito feliz! Beijinho

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ambiente preparado e Ikea... O quarto dos mais pequenos

Propositadamente, quando escrevi o primeiro post sobre ambiente preparado e Ikea que podem ler aqui, não comecei por escrever sobre o quarto dos mais pequenos. Nos vários grupos de mães que vou acompanhando no Facebook (que não específicos sobre Montessori), a primeira questão que a maioria coloca é onde encontrar a famosa cama casinha para se construir um quarto montessoriano. E é aqui que, talvez, começa por se ter a abordagem menos adequada a Montessori e a aplicarmos esta pedagogia em nossas casas. Primeiro, convém desmistificar que uma cama em forma de casa, ainda que esteja à altura do chão e permita à criança entrar e sair livremente, não é fielmente Montessori. Trata-se de um modelo de cama de inspiração nórdica e que, por acaso, também tem o colchão perto do chão. Está na moda e muitas marcas vendem-se como sendo Montessori mas convém ter presente que este método se caracteriza, acima de tudo, por uma enorme simplicidade na forma como se prepara ao ambiente para a criança. N…

A começar a incentivar a pintura... das paredes cá de casa!

Durante o fim-de-semana partilhei na página do Facebook do blog, uma foto com as mais recentes aquisições cá de casa destinadas a criar um cantinho de artes para o baby boy. Sim, apesar de estar a comprar estas coisas muito animada ao mesmo tempo já estou a imaginar toda uma decoração nova nas paredes cá de casa. Já estou a imaginar uns dedinhos pintadinhos de verde ou de laranja a deixarem a sua marca nas paredes e no chão, qual Picasso em formação! Aqui ficam algumas das comprinhas...

Adiante que coração de mãe sofre sempre por antecipação e imagina sempre os piores cenários...
Em conversa com a educadora do meu filhote, descobri a marca Giotto, uma marca existente desde 1920, destinada a fazer as maravilhas dos mais pequenos e dos graúdos na altura de desenhar, pintar e colorir o dia com as cores do arco-íris. Os produtos desta marca são os mais variados possível, indo desde aguarelas, lápis de cera e de cor, a maquilhagem, a plasticinas e guaches laváveis. Para além do mais, tem u…

Ambiente preparado e Ikea...Porque não?

Na semana passada publiquei um breve post em que dava algumas sugestões para os quartos dos mais pequenos a partir de peças do Ikea e da Vertbaudet. Numa manhã a caminho do trabalho, fui presenteada com o novo catálogo dessa catedral de decoração que é o Ikea e lancei uma pergunta na página do Facebook que foi muito bem recebida. E que pergunta era essa? Gostariam de ver um post em que juntasse Montessori e o novo catálogo que recebi?  Dada a curiosidade com esta minha ideia, aqui estou eu a colocá-la em prática...
Mas primeiro vamos ver o que é o ambiente preparado pois afinal de contas é esse o título deste post, não é verdade? Para quem conhece a pedagogia Montessori,  o ambiente preparado surge como uma parte fundamental desta pedagogia: o ambiente deverá estar adequado à criança,  seja pela sua idade ou tamanho, e as seus interesses, ao mesmo tempo que promove a sua autonomia, permitindo que se desenvolva ao seu ritmo e sem pressões ou interferência dos adultos.
Apesar de não s…