Avançar para o conteúdo principal

Cuidar a pele, cuidar a alma!

Mulher que é mulher, adora experimentar os mais diversos produtos. Então quando são cremes e afins, nem se fala! Adoro hidratar, principalmente nesta altura do ano, e sentir que a pele está saudável (não se esqueçam que a pele é o maior órgão do nosso corpo e devemos cuidá-la por dentro e por fora!).

Mas apesar de adorar experimentar novos cremes, como tenho a pele sensível, tendo sempre a evitar grandes mudanças a vou-me mantendo fiel às minhas marcas de sempre. Acreditam que desde que sou bebé é ainda o mesmo creme que me ajuda a acalmar quando a pele fica mais "nervosa"? 

Quando estava grávida e a preparar tudo o que era necessário para o nascimento do meu baby boy, cheguei à conclusão de que a variedade de marcas de produtos para bebé é enorme, estejamos a falar de farmácias/parafarmácias ou supermercado. Quem nunca ouviu falar na Mustela, Bioderma, Avéne, Corine de Farme, Isdin ou Uriage e das suas gamas de bebé, só para referir de algumas? Dá vontade de experimentar tudo mas devemos abrandar um pouco quando essa vontade chegar... A pele dos bebés é bastante mais sensível que a nossa e devemos evitar grandes variações, optando por utilizar produtos da mesma gama para garantirmos que as substâncias de base não se alteram muito. 

Qual escolher? Bem, não existe fórmula infalível e como acontece com tantos outros produtos que utilizamos na higiene dos nossos bebés, há mesmo que experimentar para perceber o que funciona e o que não poderemos usar. A minha sugestão é que não comecem logo por comprar os tamanhos normais dos produtos, começando por testar os tamanhos de viagem e assim terem a certeza que vale a pena o investimento. 

Por aqui, o baby boy usa Mustela desde o nascimento e, ultimamente, temos também usado alguns produtos da Isdin. Podem dizer que a Mustela é das marcas mais reactivas mas é a que tem resultado melhor por aqui. Já a nível de protecção solar e hidratação do rosto, a nossa opção é mesmo usar os produtos da Isdin (que até foi a marca para protecção solar recomendada pelo pediatra).

Como todas as mães têm o seu kit de produtos preferido para o seu bebé, aqui fica o nosso kit!


Linimento Mustela (especial para a limpeza na muda da fralda)
Hydra Bébe da Mustela (hidratante que coloco de manhã e à noite)
Água Termal da Uriage (é excelente para ter no saco quando se sai de verão para refrescar a pele)
Água refrescante perfumada Mustela (dá para usar no corpo ou cabelo, costumo usar no cabelo)

Na foto estão em falta os produtos que uso no banho do baby boy. São eles:
Champoo Uriage (ai este cheirinho!!!)
Gel de banho ISDIN (pode ser usado no cabelo e no corpo)
Gel de banho Mustela (pode ser usado no cabelo e no corpo) (existe creme de corpo igual)

Outros produtos que uso/já usei e que gosto/gostei bastante:
Champoo de recém-nascido Mustela (em espuma e ajuda a prevenir a crosta láctea)
Creme de rosto ISDIN (resulta bastante bem naquelas pequenas borbulhas que surgem por vezes nok rosto dos mais pequenos. Por aqui, usamos de manhã e à noite)

Espero que esta lista vos tenha ajudado. E aí em casa? Qual o vosso kit para mimar o mais pequenos?



Comentários

  1. Cá em casa usamos Uriage desde o nascimento e gostamos muito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Da Uriage temos o champoo e adoro o cheiro com que o cabelo fica depois do banho! :) Mas confesso que, para o corpo, gosto mais do cheiro da Mustela :) Bom domingo!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Dicas e sugestões... Tornar o Dia do Pai mais especial!

É impressionante como ainda ontem estávamos a comemorar a entrada no novo ano e já andamos por aqui a pensar nas sugestões mais engraçadas para o Dia do Pai. O ano avança bem rapidamente e já é tempo de pensarmos no miminho que os nossos filhos vão dar ao homem que escolhemos para pai deles. Enquanto os nossos filhotes ainda não conseguem ter voto na matéria e sugerir aquilo que querem oferecer ao pai, cabe-nos a nós, verdadeiras mães malabaristas do século XXI, abraçar mais esta tarefa e descobrir aquela lembrança que vai tornar o Dia do Pai mais especial.
Sou apologista que não devemos comprar nada apenas porque sim. Existem homens que não ligam muito a ofertas e a prendas, outros que são esquisitos e que parecem não gostar de nada, outros ainda que se fecham em copas quanto ao que gostam ou ao que precisam e existem ainda aqueles que não gostam destas "mariquices" (como eles próprios lhes chamam) das lembranças do Dia do Pai que acabam por ficar fechadas numa qualquer ga…

My Little Love: A vossa festa com amor!

O mês de Maio é um mês muito doce no que toca a comemorações aqui em casa. O próximo mês de Maio assinala o primeiro aniversário do meu casamento e o segundo aniversário do meu filhote. Apesar de ainda faltarem dois meses para o dia da festa, por aqui os preparativos já começaram. A checklist da festa de aniversário já está impressa. Já se começou a pensar nas possíveis lembranças para os amiguinhos e já andámos a espreitar as lojinhas de artigos de decoração para ver as novidades. 
Mas festa que é festa, daquelas para ser memorável, pede a ajuda de quem conhece o mundo das festas e da organização de eventos melhor do que ninguém. E é assim que vos venho falar da My Little Love. Se procurarem por organização de festas de aniversário, a oferta é imensa por essa Internet fora. Ao escolherem quem estará a colorir a vossa casa para um dia especial deixo-vos a dica de procurarem alguém com quem tenham criado empatia facilmente. A My Little Love tem como lema "divirtam-se que nós trat…

Natal guloso do baby boy

Todos nós sabemos que, nesta quadra, abundam os doces e os docinhos nas mais diversas formas e com crianças pequenas devemos ter alguns cuidados especiais quanto à alimentação. No livro "Deixe-os comer terra", de Brett Finlay e Marie-Claire Arrieta (de que já vos falei neste post sobre vacinas e neste post sobre o desmistificar do contacto das crianças com os micróbios no dia-a-dia), os autores recomendam que se mantenha o açúcar dado às crianças numa quantidade mínima pois "um bebé guloso vai, provavelmente, tornar-se uma criança gulosa", para além de que "quanto menos açúcares refinados o bebé ingerir, melhor, tanto para ele como para os biliões de micróbios que se deleitam com tudo o que termina na barriguinha dele". 
Desde que introduzi a alimentação complementar ao meu pequeno pirata, agora com 19 meses, que a preocupação com alimentos açucarados ou demasiado processados tem sido constante. Sinal disso, foram os livros que vieram viver cá para casa:…