Avançar para o conteúdo principal

Bzzzzzzz... já conhecem a Mosca Fosca?

Bzzzzz bzzzzzz estão a ouvir?

Bzzzzz bzzzz ela está a chegar muito divertida...

Bzzzz olhem a Mosca Fosca! Vamos então conhecê-la!

Há já um bom tempo que eu sabia que o meu baby boy adora música.  Não pode ouvir nada a tocar que começa logo a mexer-se e a dançar.  Depois de lhe ter comprado uns livros com algumas músicas  (ele adora ouvir vezes sem conta a Música Aquática de Handel), chegou o dia de o levar a um concerto para bebés e lá fomos conhecer a Mosca Fosca este fim-de-semana. 

A Mosca Fosca é uma mosca um pouco tosca mas cheia de vontade de receber os amigos em casa e de preparar um belo bolo de amoras para o urso. Os amigos vão chegando pouco a pouco, sempre com direito a uma música para cada um, em que a boa disposição e a interactividade com quem está a assistir está presente. Os mais pequenos adoram e os pais também que assistem divertidos a forma como eles reagem às músicas e à história.  

Fomos assistir à Mosca Fosca no Ecos e ficámos rendidos ao carinho que a Cláudia coloca na forma como interpreta as músicas e interage connosco.  Desde a simpatia assim que nos abre a porta até todos os momentos durante os 45 minutos de sessão em que nos prende a atenção e nos mostra como o tempo pode passar rápido quando nos sentimos bem. Posso dizer que nunca tinha visto o meu baby boy tão relaxado e com os olhinhos tão brilhantes... Tenho mesmo um apaixonado por música em casa e isso sabe tão bem!

Espreitem a página do Facebook do Ecos. Encontram por lá imensa oferta dirigida aos mais pequenos, tanto até aos 12 meses como para miúdos com mais anos de traquinice. Acima de tudo, encontram por lá sessões para serem vividas pelos papás e pelas crianças,  permitindo que o tempo em família possa ser partilhado fora de casa, em momentos lúdicos diferentes e em que se oferece à criança a possibilidade de explorar o seu lado musical e partilhar essa descoberta com os pais. Procurem qual o Eco que mais tem a ver convosco e vão ver que irão ficar rendidos como nós. 





(Fotos cedidas pelo Ecos)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Dicas e sugestões... Tornar o Dia do Pai mais especial!

É impressionante como ainda ontem estávamos a comemorar a entrada no novo ano e já andamos por aqui a pensar nas sugestões mais engraçadas para o Dia do Pai. O ano avança bem rapidamente e já é tempo de pensarmos no miminho que os nossos filhos vão dar ao homem que escolhemos para pai deles. Enquanto os nossos filhotes ainda não conseguem ter voto na matéria e sugerir aquilo que querem oferecer ao pai, cabe-nos a nós, verdadeiras mães malabaristas do século XXI, abraçar mais esta tarefa e descobrir aquela lembrança que vai tornar o Dia do Pai mais especial.
Sou apologista que não devemos comprar nada apenas porque sim. Existem homens que não ligam muito a ofertas e a prendas, outros que são esquisitos e que parecem não gostar de nada, outros ainda que se fecham em copas quanto ao que gostam ou ao que precisam e existem ainda aqueles que não gostam destas "mariquices" (como eles próprios lhes chamam) das lembranças do Dia do Pai que acabam por ficar fechadas numa qualquer ga…

My Little Love: A vossa festa com amor!

O mês de Maio é um mês muito doce no que toca a comemorações aqui em casa. O próximo mês de Maio assinala o primeiro aniversário do meu casamento e o segundo aniversário do meu filhote. Apesar de ainda faltarem dois meses para o dia da festa, por aqui os preparativos já começaram. A checklist da festa de aniversário já está impressa. Já se começou a pensar nas possíveis lembranças para os amiguinhos e já andámos a espreitar as lojinhas de artigos de decoração para ver as novidades. 
Mas festa que é festa, daquelas para ser memorável, pede a ajuda de quem conhece o mundo das festas e da organização de eventos melhor do que ninguém. E é assim que vos venho falar da My Little Love. Se procurarem por organização de festas de aniversário, a oferta é imensa por essa Internet fora. Ao escolherem quem estará a colorir a vossa casa para um dia especial deixo-vos a dica de procurarem alguém com quem tenham criado empatia facilmente. A My Little Love tem como lema "divirtam-se que nós trat…

Natal guloso do baby boy

Todos nós sabemos que, nesta quadra, abundam os doces e os docinhos nas mais diversas formas e com crianças pequenas devemos ter alguns cuidados especiais quanto à alimentação. No livro "Deixe-os comer terra", de Brett Finlay e Marie-Claire Arrieta (de que já vos falei neste post sobre vacinas e neste post sobre o desmistificar do contacto das crianças com os micróbios no dia-a-dia), os autores recomendam que se mantenha o açúcar dado às crianças numa quantidade mínima pois "um bebé guloso vai, provavelmente, tornar-se uma criança gulosa", para além de que "quanto menos açúcares refinados o bebé ingerir, melhor, tanto para ele como para os biliões de micróbios que se deleitam com tudo o que termina na barriguinha dele". 
Desde que introduzi a alimentação complementar ao meu pequeno pirata, agora com 19 meses, que a preocupação com alimentos açucarados ou demasiado processados tem sido constante. Sinal disso, foram os livros que vieram viver cá para casa:…