Avançar para o conteúdo principal

Armário cápsula: É possível para crianças?

Roupa. Deve ser aquele item das nossas crianças que mais dores de cabeça nos causa. Se houve coisa de que mais me queixei nos últimos dias foi não conseguir ter a roupa do meu filhote "em dia" porque chuva e secagem da roupa são coisas que não combinam lá muito bem... Depois, para quem é mãe de um bebé, bem sabe que as roupas deixam rapidamente de servir e aquilo que fica maravilhoso nesta semana, na próxima semana pode já ter de ser colocado de parte porque já não serve. É por isso que ouvimos tantas vezes a recomendação de que não se deve comprar muita roupa ou roupa muito cara para os mais pequenos porque rapidamente vai deixar de servir... Mas é tão, tão difícil resistir às colecções giras que vão surgindo nas lojas, não é verdade?

Como mãe, tenho tentado cada vez mais simplificar diversos aspectos aqui por casa. Dou muitas vezes comigo a pensar: para que servirá tanta coisa que não uso há tanto tempo? Destralhar é algo que faz sentido, principalmente quando temos filhos e tendemos acumular brinquedos e outras coisas em todas as divisões da casa. Em tempos, e seguindo a inspiração da Vera de As viagens dos Vs, estabeleci, como objectivo para 2018, destralhar! Com este mote no horizonte, tenho feito algumas leituras, tendo chegado ao conceito do armário cápsula. Mas o que é isto? Basicamente, passa por ter um conjunto de peças básicas e mantermo-nos fiéis a esse número de peças, sem termos o guarda-roupa a transbordar de roupa. Como podemos ler no blog This simple balance, no seu post "7 tips to build a capsule wardorbe for kids on a budget", é possível criar um guarda-roupa minimalista mantendo o orçamento baixo. E isso é música para os nossos ouvidos, não é verdade?

Voltando um pouco atrás... O conceito do armário cápsula foi criado por Susie Faux, na década de 70 do século passado, e mais difundida por Donna Karan, a partir de 1985 (ver artigo Capsule wardrobe). Foi um conceito desenvolvido inicialmente para adultos, sendo necessário, para colocá-lo em prática, escolher um esquema de cores, conhecer a forma do nosso corpo e tom de pele, escolher formas e padrões básicos e tecidos de qualidade. The every girl partilha connosco os seus essenciais de um armário cápsula, a qual é apologista de que faz sentido termos o nosso armário cápsula quando somos aquele tipo de pessoa que acaba por usar quase sempre as mesmas peças de roupa, conforme escreve no seuj post How to create a capsule wardrobe. Já no blog Be more with less, pode ler-se que o armário cápsula é indicado para nós se sentimos que o nosso closet está num caos e gostávamos de nos vestimos com menos e de forma mais simples. Por cá, o blog que acompanho e que fala regularmente sobre o conceito do armário cápsula é o Oh Maria!. A Maria tem partilhado diversos posts sobre o que é o armário cápsula, os passos que devemos dar no início para construirmos o nosso armário cápsula, os essenciais para o outono/inverno 2017 e tem mesmo a criar um blog, Armário Cápsula, onde partilha connosco muitas dicas para construirmos o nosso armário cápsula e partilha connosco uma lista de compras dos essenciais. Tem também o grupo do Facebook Armário Cápsula Portugal onde a Maria vai partilhando connosco a sua inspiração e onde podem ser colocadas dúvidas sobre o que é este conceito e como o podemos concretizar facilmente nas nossas vidas.

Bem... Se isto pode parecer complicado de pôr em prática para um adulto... Como será para uma criança? Do post com as sete dicas para um armário cápsula pelo blog This simple life, temos os seguintes aspectos a ter em conta:
  • Ver que roupa as nossas crianças precisam mesmo (atenção que aqui varia conforme a estação do ano pois temos que contar que, no inverno, o São Pedro não está do nosso lado..);
  • Comprar apenas peças que sejam fáceis de coordenar entre si;
  • Não guardar peças de roupa que não queremos/não gostamos que os nossos filhos usem;
  • Contermo-nos nas compras de roupa que sabemos que os nossos filhos não vão usar;
  • Comprar roupa que seja confortável;
  • Investir num único par de sapatos que possa ser usado todos os dias;
  • Guardar a roupa extra em separado da roupa que é usada todos os dias.
Dicas para um armário cápsula para crianças do blog Simple Families

Para saberem mais sobre armário cápsula para crianças:
E porque também existe a versão para as mamãs:


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Ambiente preparado e Ikea... O quarto dos mais pequenos

Propositadamente, quando escrevi o primeiro post sobre ambiente preparado e Ikea que podem ler aqui, não comecei por escrever sobre o quarto dos mais pequenos. Nos vários grupos de mães que vou acompanhando no Facebook (que não específicos sobre Montessori), a primeira questão que a maioria coloca é onde encontrar a famosa cama casinha para se construir um quarto montessoriano. E é aqui que, talvez, começa por se ter a abordagem menos adequada a Montessori e a aplicarmos esta pedagogia em nossas casas. Primeiro, convém desmistificar que uma cama em forma de casa, ainda que esteja à altura do chão e permita à criança entrar e sair livremente, não é fielmente Montessori. Trata-se de um modelo de cama de inspiração nórdica e que, por acaso, também tem o colchão perto do chão. Está na moda e muitas marcas vendem-se como sendo Montessori mas convém ter presente que este método se caracteriza, acima de tudo, por uma enorme simplicidade na forma como se prepara ao ambiente para a criança. N…

A começar a incentivar a pintura... das paredes cá de casa!

Durante o fim-de-semana partilhei na página do Facebook do blog, uma foto com as mais recentes aquisições cá de casa destinadas a criar um cantinho de artes para o baby boy. Sim, apesar de estar a comprar estas coisas muito animada ao mesmo tempo já estou a imaginar toda uma decoração nova nas paredes cá de casa. Já estou a imaginar uns dedinhos pintadinhos de verde ou de laranja a deixarem a sua marca nas paredes e no chão, qual Picasso em formação! Aqui ficam algumas das comprinhas...

Adiante que coração de mãe sofre sempre por antecipação e imagina sempre os piores cenários...
Em conversa com a educadora do meu filhote, descobri a marca Giotto, uma marca existente desde 1920, destinada a fazer as maravilhas dos mais pequenos e dos graúdos na altura de desenhar, pintar e colorir o dia com as cores do arco-íris. Os produtos desta marca são os mais variados possível, indo desde aguarelas, lápis de cera e de cor, a maquilhagem, a plasticinas e guaches laváveis. Para além do mais, tem u…

Ambiente preparado e Ikea...Porque não?

Na semana passada publiquei um breve post em que dava algumas sugestões para os quartos dos mais pequenos a partir de peças do Ikea e da Vertbaudet. Numa manhã a caminho do trabalho, fui presenteada com o novo catálogo dessa catedral de decoração que é o Ikea e lancei uma pergunta na página do Facebook que foi muito bem recebida. E que pergunta era essa? Gostariam de ver um post em que juntasse Montessori e o novo catálogo que recebi?  Dada a curiosidade com esta minha ideia, aqui estou eu a colocá-la em prática...
Mas primeiro vamos ver o que é o ambiente preparado pois afinal de contas é esse o título deste post, não é verdade? Para quem conhece a pedagogia Montessori,  o ambiente preparado surge como uma parte fundamental desta pedagogia: o ambiente deverá estar adequado à criança,  seja pela sua idade ou tamanho, e as seus interesses, ao mesmo tempo que promove a sua autonomia, permitindo que se desenvolva ao seu ritmo e sem pressões ou interferência dos adultos.
Apesar de não s…