Avançar para o conteúdo principal

Assistente Montessori... Em Março em Lisboa!

Quem lê sobre Montessori em Portugal e tem interesse sobre esta pedagogia, já ouviu falar sobre a Associação Portuguesa Montessori (Facebook, página oficial). Para quem ainda não ouviu falar ou está agora a iniciar-se neste tema, sugiro-vos a leitura sobre esta metodologia na página da Associação Portuguesa Montessori. A Associação Portuguesa Montessori tem vindo a tornar-se cada vez mais ativa e pretende chegar a cada vez mais pessoas, mostrando que Montessori não tem de ser apenas para elites e para escolas de mensalidades exorbitantes. A Associação pretende mostrar que Montessori pode ser vivido de forma descomplicada, em nossas casas e todos os dias, promovendo a autonomia das nossas crianças com diferentes actividades que podemos fazer em nossas casas sem grandes problemas. Podem ver alguns exemplos no álbum que tenho no Pinterest sobre actividades Montessori.

Mas conhecer Montessori um pouco mais fundo, passa também por aprender um pouco mais sobre esta pedagogia e isso pode ser possível já no próximo mês de Março em Lisboa. Com organização da Associação Portuguesa Montessori, vai decorrer, de 5 a 17 de Março, o curso de assistente Montessori 0-3 anos (detalhes do evento aqui). Trata-se de uma formação certificada pela Associação Montessori Internacional (site da AMI). Mas afinal o que é ser assistente Montessori? Há uns tempos, convidei quem escreve no Jardim da Descoberta para partilhar connosco um post sobre ser assistente Montessori. Especificamente sobre o curso que vai decorrer em Março, aqui fica alguma informação para vos despertar ainda mais o interesse. As inscrições ainda estão abertas, não percam a oportunidade de ficar a conhecer um pouco mais de Montessori.

A quem se dirige um Curso de Assistente Montessori – 0 a 3 anos?
Um curso que se dirige a todos aqueles que partilham do desejo profundo de aprender mais sobre as Crianças, de uma prespectiva que lhes permita, desde o nascimento, criar as condições para que se desenvolvam bem, confiantes, seguros, independentes, livres para serem quem são e para saberem para onde vão, felizes.

Aos educadores que querem introduzir mudanças em casa, mas também a todos aqueles que desejam um dia poder integrar uma Escola Montessori em qualquer parte do mundo, ou introduzir mudanças mais imediatas na actual escola ou centro, possível através do conhecimento do Método e dos Princípios que o sustentam. 
É um curso que se dirige a todos nós, a q
uem Maria Montessori tocou o coração, pela incrível forma como observou as Crianças, com um amor e respeito tão profundos que a fez chegar, descobrir, a sua verdadeira natureza, compreender as suas acções e reacções, e traçar um Método com princípios claros e objectivos, que vai precisamente de encontro a essa natureza, a esses interesses em cada momento. Um método que funciona, por reflectir precisa e minuciosamente a forma como o cérebro funciona e se desenvolve.
Maria Montessori nunca se cansou de sublinhar a importância dos primeiros três anos de vida da Criança na formação da sua personalidade. Trata-se de um verdadeiro milagre a forma e a rapidez com que a Criança absorve o mundo que a rodeia, e partir daqui cria a partir do zero aquele que será o seu mundo para o resto da sua vida, e, na verdade, para a vida da Humanidade.
E a nossa responsabilidade é imensa.

É difícil por vezes não nos perdermos na imensidão de conteúdos, de partilhas, de artigos, de imagens e de ideias que surgem diante de nós, sem conseguir encontrar um fio condutor ou uma objectividade que nos faça introduzir reais mudanças nos ambientes onde lidamos com as Crianças. Seja em casa, numa escola, num ATL, mas sobretudo no mundo apressado em que vivemos onde é difícil responder a todas as exigências de uma vida moderna, por mais que seja grande a vontade de o fazer.

Este Curso dirige-se então a todos aqueles para quem conhecer e aprender mais sobre a natureza destes pequenos incríveis seres é sinónimo de oferecer um ambiente e oportunidades que respeitem e vão de encontro àquilo que a vida lhes pede e impele em cada momento, àquilo que é único em cada uma e que irá desabrochar, um dia, num adulto independente, competente e consciente dos seus interesses e do seu papel na comunidade e na contribuição para um mundo mais pacífico. Uma educação para a Paz.

São duas semanas de curso intensivo, e quem o fez garante que algo muda profundamente na forma como passam a observar os mais pequenos.

Há uma organização de ideias, de pensamentos, de conhecimentos. É o conseguir fazer e aplicar sem ter de procurar muito, pelo facto de o conhecimento passar a fazer parte da consciência, uma compreensão que faz tudo ter mais sentido, uma capacidade e flexibilidade para pensar e aplicar informações que apenas pode ser alcançável através de um estudo aprofundado deste Método, através de um curso desta intensidade.

Ouvir a voz da experiência e do profundo amor por Montessori e pelo seu método na pessoa da Formadora Dora Vidales, fazer materiais, estudar verdadeiramente, pesquisar, escrever trabalhos, partilhar ideias e conhecimentos, durante duas semanas de foco, atenção e profunda dedicação. É uma “transformação” que acontece, garante quem o fez.

O Programa do Curso:

I. Introdução a Montessori;
II. O papel do Guia;
III. O papel do Assistente;
IV. Os Planos de Desenvolvimento;
V. A Mente da Criança dos 0 aos 6 anos (Períodos Sensíveis e o poder da Mente Absorvente, sobretudo da Inconsciente que decorre dos 0 aos 3 anos);
VI. Ordem: a importância da Ordem e da Precisão, com ênfase no papel que a Ordem tem no desenvolvimento da personalidade;
VII. Movimento dos 0 aos 3: desenvolvimento do Movimento e a sua importância para a Criança;
VIII. Linguagem: desenvolvimento da linguagem e dos seguintes aspectos:
a) Adulto preparado;
b) Uso da linguagem no geral;
c) Vocabulário correcto, preciso, rico e cientificamente exacto;
d) Como ouvir a Criança;
e) Como promover a linguagem;
f) A lição dos três períodos;
g) Independência: desenvolvimento da Independência e dos seus diversos níveis: físico, mental, emocional e espiritual, e condições para a independência;
h) Ambiente Preparado: Casa e Ninho, Comunidade Infantil (o físico e o intangível);
i) Liberdade e Disciplina: compreender o conceito de Liberdade do ponto de vista Montessori e o desenvolvimento interno da Disciplina desde o nascimento aos três anos;
j) Observação e a sua importância (técnica e registo);
k) Música e Arte;
l) Manutenção do Ambiente (no interior e no exterior);
m) Treino de casa de banho.

A todos os pais, educadores de infância, profissionais da área da educação, e a todos aqueles que lidam com os mais pequenos diariamente, e a quem é familiar a sensação de um coração a derreter pela magia, pela inocência e pela pureza de cada acto e de cada gesto que reluz destes incríveis seres em cada momento. A quem é familiar a sensação de querer dar o melhor de si e do mundo para que cresçam e sejam felizes.

Um curso que certamente irá trazer a sabedoria, a inspiração e a visão que podem verdadeiramente tornar a tarefa dos pais e dos educadores mais fácil, fluida e alegre.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Dicas e sugestões... Tornar o Dia do Pai mais especial!

É impressionante como ainda ontem estávamos a comemorar a entrada no novo ano e já andamos por aqui a pensar nas sugestões mais engraçadas para o Dia do Pai. O ano avança bem rapidamente e já é tempo de pensarmos no miminho que os nossos filhos vão dar ao homem que escolhemos para pai deles. Enquanto os nossos filhotes ainda não conseguem ter voto na matéria e sugerir aquilo que querem oferecer ao pai, cabe-nos a nós, verdadeiras mães malabaristas do século XXI, abraçar mais esta tarefa e descobrir aquela lembrança que vai tornar o Dia do Pai mais especial.
Sou apologista que não devemos comprar nada apenas porque sim. Existem homens que não ligam muito a ofertas e a prendas, outros que são esquisitos e que parecem não gostar de nada, outros ainda que se fecham em copas quanto ao que gostam ou ao que precisam e existem ainda aqueles que não gostam destas "mariquices" (como eles próprios lhes chamam) das lembranças do Dia do Pai que acabam por ficar fechadas numa qualquer ga…

My Little Love: A vossa festa com amor!

O mês de Maio é um mês muito doce no que toca a comemorações aqui em casa. O próximo mês de Maio assinala o primeiro aniversário do meu casamento e o segundo aniversário do meu filhote. Apesar de ainda faltarem dois meses para o dia da festa, por aqui os preparativos já começaram. A checklist da festa de aniversário já está impressa. Já se começou a pensar nas possíveis lembranças para os amiguinhos e já andámos a espreitar as lojinhas de artigos de decoração para ver as novidades. 
Mas festa que é festa, daquelas para ser memorável, pede a ajuda de quem conhece o mundo das festas e da organização de eventos melhor do que ninguém. E é assim que vos venho falar da My Little Love. Se procurarem por organização de festas de aniversário, a oferta é imensa por essa Internet fora. Ao escolherem quem estará a colorir a vossa casa para um dia especial deixo-vos a dica de procurarem alguém com quem tenham criado empatia facilmente. A My Little Love tem como lema "divirtam-se que nós trat…

A ajudar na autonomia do bebé cá de casa

Lembram-se do post que partilhei com dicas de como construir um ambiente preparado em casa na cozinha e na casa-de-banho? Pois bem, aquelas eram sugestões,  dicas para quem tem curiosidade sobre o mundo Montessori ou que apenas queira tornar as difeeentes partes da sua casa um pouco mais amigas das crianças.  Mas se vocês forem como eu, devem ter sempre curiosidade em saber como é que quem escreve num blog acaba por fazer este tipo de coisas em sua casa. Somos seres humanos curiosos, não é verdade?
É inegável com o ikea consegue mesmo ser o nosso melhor amigo quando queremos fazer pequenas mudanças em casa. E por isso, é claro que foi aqui que encontrei duas soluções simpáticas para tornar a rotina diária da higiene do meu baby boy mais fácil para ele, proporcionando-lhe autonomia agora que tem 18 meses. 
As nossas casas estão feitas para os adultos.  Tudo está a uma escala demasiado grande para os mais pequenos. Juntamente com a sua vontade de serem independentes e de fazerem por si…