Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2017

Tecnologia: é boa mas não precisa de estar connosco desde o berço!

Estamos no século XXI e eu sou uma mãe deste século. Estou em algumas redes sociais e escrevo aqui no blog, algo que seria impensável sem acesso à Internet e sem ter a tecnologia à distância de um clique. Faço muitas pesquisas, leio muito e sigo outros blogs e páginas do Facebook sobre Montessori e outros temas relacionados com os mais pequenos. Mas decidi dar como título a este post "tecnologia: é boa mas não precisa de estar connosco desde o berço". Parecer-vos-á contraditório? Se calhar não mas já vou partilhar convosco o meu ponto de vista... Quem começa a ler sobre Maria Montessori e a pedagogia por ela criada, rapidamente compreende que se tratava de alguém que se baseou na observação científica das crianças e que assentava a sua forma de estar junto delas baseada no respeito por cada um dos estádios de desenvolvimento e os seus interesses, promovendo o ganho de autonomia seguindo os sinais dados pela criança e não com base na imposição dos adultos. Maria Montessor

Pequenas descobertas de fim-de-semana

No fim-de-semana, partilhei na página do Facebook aqui do blog um local que eu carinhosamente apelidei de "paraíso para mãe e filho". Tratava-se, nada mais nada menos, do que uma recheada estante de livros infantis com uma grande variedade de escolha de títulos para mais pequenos e menos pequenos. Pequenos amigos sob a forma de folhas para serem partilhados em família. Como resultado da visita a esse pequeno paraíso, trouxe para casa estes três títulos que já estão a fazer as maravilhas do baby boy cá em casa. Conforme nos diz Maria Montessori, devemos partir do concreto para o mais abstracto nos primeiros anos, permitindo à criança que conheça primeiro a realidade em que se insere e que, depois, possa pensar no mundo do imaginário. Escolhi estes três títulos pois permitem descobrir sons reais, uns de todos os dias, outros nem tanto, para além de permitir também o contacto com a música. São os três livros da editora Yoyo Studios e podem ser encontrados na área de l

Ambiente preparado e Ikea... O quarto dos mais pequenos

Propositadamente, quando escrevi o primeiro post sobre ambiente preparado e Ikea que podem ler aqui , não comecei por escrever sobre o quarto dos mais pequenos. Nos vários grupos de mães que vou acompanhando no Facebook (que não específicos sobre Montessori), a primeira questão que a maioria coloca é onde encontrar a famosa cama casinha para se construir um quarto montessoriano. E é aqui que, talvez, começa por se ter a abordagem menos adequada a Montessori e a aplicarmos esta pedagogia em nossas casas. Primeiro, convém desmistificar que uma cama em forma de casa, ainda que esteja à altura do chão e permita à criança entrar e sair livremente, não é fielmente Montessori. Trata-se de um modelo de cama de inspiração nórdica e que, por acaso, também tem o colchão perto do chão. Está na moda e muitas marcas vendem-se como sendo Montessori mas convém ter presente que este método se caracteriza, acima de tudo, por uma enorme simplicidade na forma como se prepara ao ambiente para a criança. N

Passatempo Happy Mom descomplicada - Plan Toys Portugal/Dream Toys

Há uns tempos partilhei aqui a minha descoberta da marca de brinquedos de madeira sustentáveis Plan Toys Portugal.  Como eu gosto que vocês também tenham em vossa casa brinquedos sustentáveis para os vossos filhotes, preparei este passatempo, em conjunto com a Plan Toys Portugal e a  Dream Toys , que espero que gostem. A participação é feita na página do Facebook da Happy Mom descomplicada . Vejam lá mais detalhes sobre este passatempo. Boa sorte! O Fantástico Mundo dos Brinquedos de Madeira! Os nossos primeiros brinquedos marcam-nos para todo o sempre! Quando podemos juntar a brinquedos eco-friendly toda a qualidade, segurança, cor e divertimento temos os ingredientes perfeitos para criar brincadeiras sem fim! Memórias para a vida!

Coração de mãe não merece...

Poderia eu ter escolhido uma frase menos cliché como título deste post? Poder até poderia mas acho que esta é mesmo aquela que melhor caracteriza os meus sentimentos quanto à última semana... A última semana, em termos de trabalho e de horários, foi a mais cansativa de sempre desde que regressei ao trabalho após a licença parental ter terminado. Acordar muito mais cedo ainda que as galinhas e galos das redondezas, não poder ir levar e buscar o baby boy à escola, tê-lo doente e achar que ficaram miminhos por dar, sentir que ficou atenção por dar ao homem da minha vida... Enfim, foi uma semana de muita correria (demasiada mesmo!) e que me deixou com coração pequenino por sentir que dei pouco aqueles que mais merecem. Fiquei com o coração pequenino por sentir que faltei quando eles precisaram e por sentir que não estive presente neste ou naquele momento em que o baby boy fez qualquer coisa de novo. E tive o dia que mais mexeu comigo em que saí antes do sol nascer, cheguei a casa já à

Infectário, como eu gosto de ti... not!

Chegamos a Setembro e o infectário volta a fazer das suas... Não gosto de te ver assim, meu filhote. Não gosto que a tosse te incomode ou que não durmas tão bem. Não gosto que percas o teu apetite. Pedes mais colinho e isso sabe muito bem! E apesar dos bichinhos malvados que trazes como amigos para casa do infectário, continuas com a tua gargalhada, com a vontade de correr pela casa e a certeza de que o mundo é todo teu para descobrir! E isso deixa o meu coração de mãe um pouquinho mais calma...

O mundo bom da blogosfera: Mindful Montessori

Já tinha escrito por aqui na entrevista que fiz à Top 10 Mom que a blogosfera tem muitas coisas boas e é um óptimo local para partilha de conhecimento e de aprendizagens. Seja sobre os mais diversos temas, a blogosfera tem sempre um blog com o qual simpatizamos desde o início e que se torna uma das nossas leituras sempre que nos é possível. Quando partilhei convosco quais eram alguns dos blogs que mais gosto de ler neste mundo virtual neste post , um dos que referi foi o Mindful Montessori que tive o prazer descobrir, primeiro no Facebook, e depois acompanhar através do blog. E apenas posso dizer-vos que, desde o início, que criei grande empatia pela Sylvia Sousa, uma simpática apaixonada por Montessori e com quem tenho feito boas partilhas sobre este mundo que ainda estou apenas a descobrir. Como a própria diz no seu blog, ela pretende " difundir a pedagogia Montessori e torná-la acessível a todos " e só posso dizer que faz um excelente trabalho em todas as suas partilha

Estarei preparada... Para ser um adulto preparado?

Dúvidas. Hesitações. Questões. Inseguranças. Quem nunca as teve, principalmente depois de embarcar neste mundo da parentalidade? Não sou nenhuma super-mulher... Estou muito, muito afastada desse estado de heroína da Marvel, vestida de cores fortes e capa sobre ombros, capaz de enfrentar este mundo e o outro sem nunca desmanchar o penteado. Aparecem nuvens no horizonte que, às vezes,me fazem ter vontade de recuar. Não sou melhor do que ninguém mas tento olhar para copo sempre como estando meio cheio porque uma vida não se quer de vazios! Falar de Montessori é ter presente três termos fundamentais: a criança (motivo primordial de tudo), ambiente preparado e adulto preparado. Estes dois últimos podem parecer assim algo mais pomposo mas, basicamente, correspondem aos locais (e à forma como eles se organizam) onde a criança está diariamente e aos cuidadores que com ela partilham os dias, podendo estes cuidadores os pais em casa ou adultos na escola. Entrar no mundo de Montessor

Apenas aprendendo se consegue fazer melhor!

Comecei finalmente a ler o livro "Educar com o coração - Pedagogia Montessori em casa" escrito pela Cristina Tébar do blog Montessori en casa . Já tinha lido a resenha sobre este livro feita pelo blog Taquid (que podem ler aqui ) e tinha ficado muito curiosa e com vontade de o ter cá por casa. Há já um bom tempo que sigo o blog da Cristina. Devo tê-lo descoberto ainda grávida e quando ainda não compreendia muito bem o que era a pedagogia Montessori e de que forma ela poderia fazer da minha vida e da minha família. Sempre achei que as partilhas que fazia no blog de revestiam de uma tão grande simplicidade que nos transmite a vontade de fazer igual com os nossos pequenos. Já depois do meu baby boy ter nascido, o interesse por Montessori tem vindo a crescer e tenho tentado ler sobre o assunto para compreender melhor o que Maria Montessori nos pretendia transmitir e o que pode o meu filho, eu e o pai dele ganharmos aplicando este método na nossa realidade. E porque

Porque a blogosfera é um mundo de partilha...

Muitas vezes, quando olhamos para a blogosfera, não vemos o verdadeiro alcance que ela pode ter no que toca ao networking. Numa das minhas leituras mais recentes, o livro "Ser blogger" , a blogosfera é descrita como uma grande rede social feita da partilha de opiniões e de tendências so bre todo o tipo de assuntos. Habitualmente, quando falamos de redes sociais costumamos lembrar-nos logo de plataformas como o Facebook, o Instagram ou o Twitter, apenas para citar algumas, esquecendo esta grande rede de pessoas que têm na escrita um dos seus prazeres. Por essa blogosfera fora, diversos são os blogs que prendem a minha atenção, acompanhando-os tanto através dos posts como através das partilhas que vão fazendo nas respectivas páginas do Facebook. Um dos que mais recentemente descobri foi o Top10Mom , da Erika Acosta Rodrigues, uma apaixonada por Montessori tal como eu. Recentemente,  ela partilhou com quem a segue que vai este mês fazer o Curso de Assistente Montessori que

Ambiente preparado e Ikea...Porque não?

Na semana passada publiquei um breve post em que dava algumas sugestões para os quartos dos mais pequenos a partir de peças do Ikea e da Vertbaudet . Numa manhã a caminho do trabalho, fui presenteada com o novo catálogo dessa catedral de decoração que é o Ikea e lancei uma pergunta na página do Facebook que foi muito bem recebida. E que pergunta era essa? Gostariam de ver um post em que juntasse Montessori e o novo catálogo que recebi?  Dada a curiosidade com esta minha ideia, aqui estou eu a colocá-la em prática... Mas primeiro vamos ver o que é o ambiente preparado pois afinal de contas é esse o título deste post, não é verdade? Para quem conhece a pedagogia Montessori,  o ambiente preparado surge como uma parte fundamental desta pedagogia: o ambiente deverá estar adequado à criança,  seja pela sua idade ou tamanho, e as seus interesses, ao mesmo tempo que promove a sua autonomia, permitindo que se desenvolva ao seu ritmo e sem pressões ou interferência dos adultos. Apesar

Dezasseis doces meses...

Dia 11. Passam hoje dezasseis meses desde que choraste pela primeira vez... E que energias trazias tu! Parecia que querias contar ao mundo inteiro que tinhas chegado e que agora ias ser tu a animar os dias de toda a gente! Dezasseis doce meses em que muitas coisas já descobriste. Agora, já consegues explorar o mundo por ti. Já pisas caminhos com destino à descoberta. E continuas a procurar o refúgio das mãos dos pais quando esses caminhos paecem um pouco mais complicados, para logo largares quando já te sentes seguro.  Desejo que para ti não existam limites à descoberta,  ao conhecimento e à vontade de explorar o mundo que te rodeia com essas mãos curiosas e esse olhar sempre atento, até ao mais pequeno detalhe.  Dezasseis doces meses desde que nasceste..

Livros que não fogem à realidade

Esta semana publiquei uma foto com os últimos livros que comprei para o filhote na Com Alma e sugeriram-me uma partilha sobre estes livros que se enquadram em livros de inspiração Montessori. Os livros e a existência de um cantinho de leitura segundo Montessori são muito importantes, sendo uma das áreas que se sugere que exista em casa, permitindo à criança que seja ela a escolher livremente os livros que pretende folhear em cada momento. Num cantinho de leitura Montessori, não deve haver um número demasiado elevado de livros disponíveis, devendo antes do adulto preparado optar por fazer uma rotatividade dos livros num determinado período (uma semana, livros associados com as estações do ano ou com efemérides, por exemplo). Conforme podemos ler no blog Mindful Montessori sobre o cantinho de leitura de inspiração Montessori : " Maria Montessori atribuía uma grande importância ao contacto das crianças com os livros, e à aprendizagem precoce da leitura, de um modo natural e

Explorando novos horizontes: Os materiais Montessori

Esta semana partilhei convosco uma forma de irmos introduzindo Montessori nas nossas vidas, construindo uma estrutura com cabeça, tronco e membros e que permite proporcionar as melhores experiências aos nossos filhotes. Como é descrito no blog Aprendiendo com Montessori  e com o paralelo que fiz com a pirâmide das necessidades de Maslow, a entrada no mundo de Montessori e a assimilação dos princípios inerentes a esta pedagogia devem ser feitos a partir de uma base que nos permita, enquanto pais e cuidadores, conseguirmos crescer enquanto pessoas enquanto acompanhamos lado a lado o crescimento dos nossos filhos. Um dos patamares da pedagogia Montessori são os materiais desenvolvidos por Maria Montessori e destinados a permitir à criança a exploração da realidade, indo do mais simples para o mais complexo, fazer a sua caminhada de aprendizagem. O objectivo com que estes materiais foram criados por Montessori foi o de proporcionarem à criança terem o seu próprio ritmo de aprendizagem