Avançar para o conteúdo principal

Assistente Montessori... Em Março em Lisboa!

Quem lê sobre Montessori em Portugal e tem interesse sobre esta pedagogia, já ouviu falar sobre a Associação Portuguesa Montessori (Facebook, página oficial). Para quem ainda não ouviu falar ou está agora a iniciar-se neste tema, sugiro-vos a leitura sobre esta metodologia na página da Associação Portuguesa Montessori. A Associação Portuguesa Montessori tem vindo a tornar-se cada vez mais ativa e pretende chegar a cada vez mais pessoas, mostrando que Montessori não tem de ser apenas para elites e para escolas de mensalidades exorbitantes. A Associação pretende mostrar que Montessori pode ser vivido de forma descomplicada, em nossas casas e todos os dias, promovendo a autonomia das nossas crianças com diferentes actividades que podemos fazer em nossas casas sem grandes problemas. Podem ver alguns exemplos no álbum que tenho no Pinterest sobre actividades Montessori.

Mas conhecer Montessori um pouco mais fundo, passa também por aprender um pouco mais sobre esta pedagogia e isso pode ser possível já no próximo mês de Março em Lisboa. Com organização da Associação Portuguesa Montessori, vai decorrer, de 5 a 17 de Março, o curso de assistente Montessori 0-3 anos (detalhes do evento aqui). Trata-se de uma formação certificada pela Associação Montessori Internacional (site da AMI). Mas afinal o que é ser assistente Montessori? Há uns tempos, convidei quem escreve no Jardim da Descoberta para partilhar connosco um post sobre ser assistente Montessori. Especificamente sobre o curso que vai decorrer em Março, aqui fica alguma informação para vos despertar ainda mais o interesse. As inscrições ainda estão abertas, não percam a oportunidade de ficar a conhecer um pouco mais de Montessori.

A quem se dirige um Curso de Assistente Montessori – 0 a 3 anos?
Um curso que se dirige a todos aqueles que partilham do desejo profundo de aprender mais sobre as Crianças, de uma prespectiva que lhes permita, desde o nascimento, criar as condições para que se desenvolvam bem, confiantes, seguros, independentes, livres para serem quem são e para saberem para onde vão, felizes.

Aos educadores que querem introduzir mudanças em casa, mas também a todos aqueles que desejam um dia poder integrar uma Escola Montessori em qualquer parte do mundo, ou introduzir mudanças mais imediatas na actual escola ou centro, possível através do conhecimento do Método e dos Princípios que o sustentam. 
É um curso que se dirige a todos nós, a q
uem Maria Montessori tocou o coração, pela incrível forma como observou as Crianças, com um amor e respeito tão profundos que a fez chegar, descobrir, a sua verdadeira natureza, compreender as suas acções e reacções, e traçar um Método com princípios claros e objectivos, que vai precisamente de encontro a essa natureza, a esses interesses em cada momento. Um método que funciona, por reflectir precisa e minuciosamente a forma como o cérebro funciona e se desenvolve.
Maria Montessori nunca se cansou de sublinhar a importância dos primeiros três anos de vida da Criança na formação da sua personalidade. Trata-se de um verdadeiro milagre a forma e a rapidez com que a Criança absorve o mundo que a rodeia, e partir daqui cria a partir do zero aquele que será o seu mundo para o resto da sua vida, e, na verdade, para a vida da Humanidade.
E a nossa responsabilidade é imensa.

É difícil por vezes não nos perdermos na imensidão de conteúdos, de partilhas, de artigos, de imagens e de ideias que surgem diante de nós, sem conseguir encontrar um fio condutor ou uma objectividade que nos faça introduzir reais mudanças nos ambientes onde lidamos com as Crianças. Seja em casa, numa escola, num ATL, mas sobretudo no mundo apressado em que vivemos onde é difícil responder a todas as exigências de uma vida moderna, por mais que seja grande a vontade de o fazer.

Este Curso dirige-se então a todos aqueles para quem conhecer e aprender mais sobre a natureza destes pequenos incríveis seres é sinónimo de oferecer um ambiente e oportunidades que respeitem e vão de encontro àquilo que a vida lhes pede e impele em cada momento, àquilo que é único em cada uma e que irá desabrochar, um dia, num adulto independente, competente e consciente dos seus interesses e do seu papel na comunidade e na contribuição para um mundo mais pacífico. Uma educação para a Paz.

São duas semanas de curso intensivo, e quem o fez garante que algo muda profundamente na forma como passam a observar os mais pequenos.

Há uma organização de ideias, de pensamentos, de conhecimentos. É o conseguir fazer e aplicar sem ter de procurar muito, pelo facto de o conhecimento passar a fazer parte da consciência, uma compreensão que faz tudo ter mais sentido, uma capacidade e flexibilidade para pensar e aplicar informações que apenas pode ser alcançável através de um estudo aprofundado deste Método, através de um curso desta intensidade.

Ouvir a voz da experiência e do profundo amor por Montessori e pelo seu método na pessoa da Formadora Dora Vidales, fazer materiais, estudar verdadeiramente, pesquisar, escrever trabalhos, partilhar ideias e conhecimentos, durante duas semanas de foco, atenção e profunda dedicação. É uma “transformação” que acontece, garante quem o fez.

O Programa do Curso:

I. Introdução a Montessori;
II. O papel do Guia;
III. O papel do Assistente;
IV. Os Planos de Desenvolvimento;
V. A Mente da Criança dos 0 aos 6 anos (Períodos Sensíveis e o poder da Mente Absorvente, sobretudo da Inconsciente que decorre dos 0 aos 3 anos);
VI. Ordem: a importância da Ordem e da Precisão, com ênfase no papel que a Ordem tem no desenvolvimento da personalidade;
VII. Movimento dos 0 aos 3: desenvolvimento do Movimento e a sua importância para a Criança;
VIII. Linguagem: desenvolvimento da linguagem e dos seguintes aspectos:
a) Adulto preparado;
b) Uso da linguagem no geral;
c) Vocabulário correcto, preciso, rico e cientificamente exacto;
d) Como ouvir a Criança;
e) Como promover a linguagem;
f) A lição dos três períodos;
g) Independência: desenvolvimento da Independência e dos seus diversos níveis: físico, mental, emocional e espiritual, e condições para a independência;
h) Ambiente Preparado: Casa e Ninho, Comunidade Infantil (o físico e o intangível);
i) Liberdade e Disciplina: compreender o conceito de Liberdade do ponto de vista Montessori e o desenvolvimento interno da Disciplina desde o nascimento aos três anos;
j) Observação e a sua importância (técnica e registo);
k) Música e Arte;
l) Manutenção do Ambiente (no interior e no exterior);
m) Treino de casa de banho.

A todos os pais, educadores de infância, profissionais da área da educação, e a todos aqueles que lidam com os mais pequenos diariamente, e a quem é familiar a sensação de um coração a derreter pela magia, pela inocência e pela pureza de cada acto e de cada gesto que reluz destes incríveis seres em cada momento. A quem é familiar a sensação de querer dar o melhor de si e do mundo para que cresçam e sejam felizes.

Um curso que certamente irá trazer a sabedoria, a inspiração e a visão que podem verdadeiramente tornar a tarefa dos pais e dos educadores mais fácil, fluida e alegre.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Casar: recordar um dia tão especial!

Casamento. Aquele momento especial na vida de qualquer casal e que se deseja que seja único para toda a vida. O casamento pode ser mais ou menos tradicional mas é um momento que marca e que queremos que seja inesquecível para nós e para os nossos convidados. Desde o momento em que acontece o pedido, a cabeça (normalmente, da noiva) começa a fervilhar com mil e uma ideias para colocar em prática e a ansiedade e o stress vão aumentando exponencialmente com o aproximar da data.  Mas perguntam vocês? Porque estou eu a falar de casamentos num blog que é muito mais baby blog que outra coisa? Para quem não sabe, o meu casamento aconteceu no dia em que o meu filho fez um ano. Com o segundo aniversário do baby boy e o primeiro aniversário de casamento quase aí, estou em modo lamechas a recordar tudo o que foi preparar este dia, que foi tudo menos convencional. Querem saber como tudo aconteceu? Conforme já vos disse, o meu casamento não foi de todo tradicional. Não foi um casamento

Crescer, desenvolver... Construir uma casa desde os alicerces!

Para quem se dedica ao estudo da Psicologia, Comportamento Organizacional ou Recursos Humanos, a pirâmide das necessidades de Maslow não deve ser totalmente desconhecida. Abraham Maslow, um psicólogo americano que trabalhou no famoso MIT, desenvolveu uma teoria de personalidade assente numa hierarquia de necessidades, segundo a qual afirmava que cada ser humano necessitava, patamar a patamar, de satisfazer um conjunto de necessidades de um tipo antes de poder satisfazer necessidades de outro tipo. Fonte: Laudon Online Olhando bem para esta pirâmide, vemos que temos de passar pelos diversos patamares até conseguirmos atingir sentimentos de autoestima e de realização pessoal, sendo fundamental para os quais vermos satisfeitas as necessidades mais básicas como seja a alimentação, aspectos fisiológicos do nossos organismo, ter uma casa, um emprego e uma família. Será que esta pirâmide não poderá estar presente em outros campos, com as devidas adaptações? Não teremos nós, por

Quarto de bebé: o nosso pequeno mundo!

Durante a gravidez e mesmo depois de sermos mães, o quarto do bebé deve ser um dos locais onde passamos mais tempo e um dos quais dedicamos maior atenção na nossa casa. Se durante a gravidez, a preocupação é decorar o quarto com todos aqueles pequenos detalhes que o tornem especial e único (sem que isso seja, obrigatoriamente, sinónimo de funcionalidade), depois de sermos mães e de percebermos aquilo que o nosso bebé e nós precisamos para as diferentes parte do dia, o quarto de bebé acaba por ir sofrendo algumas adaptações ao longo do tempo. O tema do quarto de bebé não é novo aqui no blog. Se a memória não me falha, já escrevi por aqui sobre pequenas sugestões para criar um refúgio para crianças felizes , já me inspirei na IKEA Portugal para vos dar sugestões de como criar um ambiente preparado Montessori-friendly no quarto dos mais pequenos e já escrevi também por aqui sobre como não deve faltar muito para haver algumas mudanças no quarto do baby boy neste início de 2018 . Passa