Avançar para o conteúdo principal

Dicas e sugestões... Tornar o Dia do Pai mais especial!

É impressionante como ainda ontem estávamos a comemorar a entrada no novo ano e já andamos por aqui a pensar nas sugestões mais engraçadas para o Dia do Pai. O ano avança bem rapidamente e já é tempo de pensarmos no miminho que os nossos filhos vão dar ao homem que escolhemos para pai deles. Enquanto os nossos filhotes ainda não conseguem ter voto na matéria e sugerir aquilo que querem oferecer ao pai, cabe-nos a nós, verdadeiras mães malabaristas do século XXI, abraçar mais esta tarefa e descobrir aquela lembrança que vai tornar o Dia do Pai mais especial.

Sou apologista que não devemos comprar nada apenas porque sim. Existem homens que não ligam muito a ofertas e a prendas, outros que são esquisitos e que parecem não gostar de nada, outros ainda que se fecham em copas quanto ao que gostam ou ao que precisam e existem ainda aqueles que não gostam destas "mariquices" (como eles próprios lhes chamam) das lembranças do Dia do Pai que acabam por ficar fechadas numa qualquer gaveta e eles não usam. Por isso, temos mesmo de ser inventivas para que não se esteja a deitar dinheiro ao vento e para que possa ser algo que o pai verdadeiramente goste e use e não fiquemos com um sabor agridoce quando ele abrir a lembrança...

Também defendo que se pode optar por experiências em vez de lembranças. Por exemplo, porque não oferecer um dia especial para ser aproveitado por pai e filhos? Os miúdos gostam de animais. Não à volta a dar. Por isso, boas sugestões de experiências para este dia e que ambos irão gostar pode ser uma ida ao Jardim Zoológico de Lisboa, ao Oceanário, ao Aquário Vasco da Gama ou a uma quinta pedagógica (por exemplo, a dos Olivais para quem for de Lisboa). Outras possibilidades, gratuitas como todas nós gostamos, pode ser um pic nic num jardim de que gostem. Vejam, por exemplo, o Jardim da Estrela em Lisboa ou o Parque Marechal Carmona, em Cascais. Se os pais gostarem mais de momentos que tenham mais a ver com a nossa história podem, por exemplo, sugerir assistir ao Render da Guarda no Palácio de Belém que acontece no terceiro domingo de cada mês, pelas 11h00, e promete ser um momento diferente!

Passando as sugestões de experiências, deixo-vos aqui algumas sugestões de miminhos para os pais, com possibilidade de personalizar ou não, e que espero que vos possa ser úteis!


A ai ai matilde não deve ser desconhecida de vocês. O seu design bem disposto oferece ofertas para as mais variadas ocasiões e já está disponível a linha para o dia do pai 2018. Deixo-vos aqui a sugestão do kit necessaire e caneca que podem adquirir aqui.


O gin é uma bebida que tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos entre nós e muitos devem ser os pais que tem nesta a sua bebida de eleição. Para dar a conhecer um pouco mais do mundo do gin escrito por portugueses, sugiro este livro "Vamos beber um gin?", de Miguel Somsen e Daniel Carvalho, que promete ajudar a desvendar um pouco mais sobre as origens desta bebida, deixar sugestões dos melhores gins e dos mais excêntricos e também sugestões das melhores combinações.


Para os pais apaixonados pelos heróis da Marvel (tenho um cá em casa que me fez descobrir este mundo!), o leque de oferta é bem grande, desde os filmes mais variados, aos livros e ainda aos artigos de merchandising. Como sugestão, deixo-vos a oferta que podem encontrar na FNAC à espera de satisfazer os desejos dos pais amantes de super-heróis (e também dos filhos!)!. 

Feliz Dia do Pai!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Casar: recordar um dia tão especial!

Casamento. Aquele momento especial na vida de qualquer casal e que se deseja que seja único para toda a vida. O casamento pode ser mais ou menos tradicional mas é um momento que marca e que queremos que seja inesquecível para nós e para os nossos convidados. Desde o momento em que acontece o pedido, a cabeça (normalmente, da noiva) começa a fervilhar com mil e uma ideias para colocar em prática e a ansiedade e o stress vão aumentando exponencialmente com o aproximar da data.  Mas perguntam vocês? Porque estou eu a falar de casamentos num blog que é muito mais baby blog que outra coisa? Para quem não sabe, o meu casamento aconteceu no dia em que o meu filho fez um ano. Com o segundo aniversário do baby boy e o primeiro aniversário de casamento quase aí, estou em modo lamechas a recordar tudo o que foi preparar este dia, que foi tudo menos convencional. Querem saber como tudo aconteceu? Conforme já vos disse, o meu casamento não foi de todo tradicional. Não foi um casamento

Crescer, desenvolver... Construir uma casa desde os alicerces!

Para quem se dedica ao estudo da Psicologia, Comportamento Organizacional ou Recursos Humanos, a pirâmide das necessidades de Maslow não deve ser totalmente desconhecida. Abraham Maslow, um psicólogo americano que trabalhou no famoso MIT, desenvolveu uma teoria de personalidade assente numa hierarquia de necessidades, segundo a qual afirmava que cada ser humano necessitava, patamar a patamar, de satisfazer um conjunto de necessidades de um tipo antes de poder satisfazer necessidades de outro tipo. Fonte: Laudon Online Olhando bem para esta pirâmide, vemos que temos de passar pelos diversos patamares até conseguirmos atingir sentimentos de autoestima e de realização pessoal, sendo fundamental para os quais vermos satisfeitas as necessidades mais básicas como seja a alimentação, aspectos fisiológicos do nossos organismo, ter uma casa, um emprego e uma família. Será que esta pirâmide não poderá estar presente em outros campos, com as devidas adaptações? Não teremos nós, por

Mãe... A que nos compreende melhor do que ninguém!

Hoje é um dia especial. Hoje faz anos a mulher que me deu vida. Hoje faz anos a mulher que é o meu exemplo, que me dá a força sempre que preciso, que sempre foi e é o meu porto de abrigo e que me compreende melhor do que ninguém. Hoje, passados quase dois anos desde que fui mãe, compreende ainda melhor a minha. É o ciclo normal da vida que nos faz olhar para o que nos acontece de forma diferente e que nos dá a sabedoria necessária para percebermos que muitas das coisas que as nossas mães nos diziam, tinham a sua razão de ser e não pretendiam apenas ser algo para nos contrariar. Hoje é um dia especial. As palavras serão sempre poucas para expressar aquilo que sinto e que me penso da minha mãe. Parece que, frente a frente, nem sempre é fácil dizer o que sinto. Acaba sempre por ser mais fácil para mim escrever do que dizer por isso não quero que fique nenhuma palavra por escrever para mais tarde mostrar a esta mulher que é o meu exemplo. Como todos os anos, hoje será o dia em que